Entre os nomes, estão o da atual gestora de Lauro de Freitas, que está em seu terceiro mandato como prefeita da cidade, Moema Gramacho PT, a deputada e ex-vice-prefeita Mirela Macedo PSD, o ex-secretário municipal Mauro Cardim PP e o empresário Teobaldo Costa DEM.

A pré-candidata Mirela Macedo PSD, que eleita vice-prefeita ao lado de Moema em e deixou o cargo para ser deputada estadual em , afirma que o PSD não caminha com o PT no município, e que as duas candidaturas serão desconectadas. Em entrevista ao A TARDE, a legisladora disse que tem buscado apoio para viabilizar sua pré-candidatura. “Desde que a gente fez o anúncio de que eu estava me colocando como pré-candidata, tenho conversado com vereadores, lideranças. Estamos fechando esse apoio , apontou.

Filiado ao DEM desde início de fevereiro, Teobaldo deve ter como vice o ex-vereador Mateus Reis Cidadania, que ficou em segundo lugar nas eleições para prefeito da cidade em . Na ocasião, Reis disputou o cargo pelo PSDB e teve ,% dos votos válidos, ante ,% de Moema. O terceiro colocado no pleito foi Chico Franco DEM, que obteve ,%.

No lançamento da sua pré-candidatura, Teobaldo disse que quer ter a gestão do prefeito de Salvador, ACM Neto DEM, como modelo. “Lauro de Freitas precisa de gestão com responsabilidade e resultado”, apontou o vps windows na manhã de sábado.

O ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, Serviços e Inovação Tecnológica de Lauro, Mauro Cardim, se encontra no PP, mas em conversa com a reportagem, afirmou que vai migrar para o MDB a convite do vereador e presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior. O motivo da mudança de partido é a declaração do deputado federal Cacá Leão PP de que a legenda pode passar a integrar a base da prefeita Moema.